Voltar para HOME
  Fernão Dias tem trânsito lento na região de Mairiporã, sentido São Paulo Notícias policiais da região  
  Notícias policiais da região
Atibaia Polícia rodoviária federal prende casal transportando cocaína e crack na Fernão Dias No domingo, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu mais de nove quilos de drogas escondidas no porta-malas de um veículo, no quilômetro 47 da Rodovia Fernão Dias, em Atibaia. Durante fiscalização, os policiais abordaram um veículo com placas de São Paulo com dois ocupantes, um homem de 29 anos e uma mulher de 22 anos. Ao realizar a revista no porta-malas do carro, encontraram em um fundo falso de uma caixa de som, cinco quilos de cocaína e mais de quatro quilos de crack. O motorista declarou aos policiais que receberia R$ 2 mil para transportar as drogas de São Paulo até Lavras em Minas Gerais. O casal foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Bragança Paulista Homem é baleado e pede socorro em Bragança Paulista Por volta das 22h de ontem, um homem que se identificou como Luis Carlos, chegou na recepção da Santa Casa, sozinho e a pé e disse que tinha sido baleado. Ele mal conseguiu dizer que tinha sido baleado por ocupantes de um veículo de cor branca, quando se dirigia para a rodoviária, onde pegaria um ônibus para ir para Munhoz/MG, onde mora e caiu no chão. O rapaz não conseguiu se lembrar do seu sobrenome, apenas conseguiu responder, que não era alérgico e que nem usava drogas nem álcool. O rapaz, realmente apresentava um ferimento, possivelmente causado por arma de fogo, com entrada na região lombar e saída no tórax e foi submetido a uma cirurgia de emergência. Irmã de ministro é vítima de golpe do falso sequestro por celular em Bragança Paulista Vera Moreira Franco, de 63 anos, irmã do ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, foi vítima do golpe do falso sequestro pelo celular. Ela faria na tarde de ontem 8, um quarto depósito para os criminosos, quando foi localizada pela polícia em uma agência bancária aqui em Bragança Paulista. Tudo começou na segunda-feira, dia 7, quando ela recebeu um telefonema de que sua filha tinha sido sequestrada. A vítima chegou a fazer três depósitos nas contas dos golpistas, totalizando mais de R$ 11 mil. Ela foi conduzida ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), onde o caso foi registrado e um inquérito instaurado. Golpes como este são comuns, e geralmente são feitos de dentro de presídios. Nenhum suspeito foi preso até o momento. A polícia orienta que ao receber uma ligação telefônica, onde o criminoso diz que sequestrou seu filho ou filha, as pessoas devem manter a calma e imediatamente tentar contactar o parente, que os criminosos dizem ter sequestrado, afim de checar a veracidade da informação. Também é importante manter a calma, e não passar nenhuma informação sobre a possível vítima de sequestro. Os golpistas, costuma se aproveitar do nervosismo das vítimas, para conseguir mais informações para extorqui-las.
WebSite desenvolvido por WMB - LTDA (11) 4411-1194 - info@wmb.com.br